Meu segundo post…

O desafio diz que meu segundo post deve ser sobre o que me deixa brava, enlouquecida ou com raiva no mundo.

Isso é relativamente fácil, já que tem tanta coisa errada com o mundo, como guerras, fome, subnutrição, doenças fabricadas em laboratório… Por isso resolvi falar o que me atinge mais numa daily-basis:

1) Desrespeito – Isso é simplesmente incompreensível no meu mundo. Você aí que se sente no direito de julgar os outros e sair por ai pregando aos sete ventos que isso ou aquilo é errado.. Você que trata mal o garçom por ele ser garçom, ou vc garçom que trata mal quem vc atende pq não gostou do cliente.. Você que tenta mudar as crenças religiosas de uma pessoa porque não as considera corretas.. Você que grita (ou já gritou) com seus pais porque eles não estavam fazendo a sua vida fácil como você gostaria.. Você que pensa que homossexualismo é errado e sai por ai falando isso para os outros, causando brigas e desafetos por causa disso.. Você que muda de lugar no transporte público ou onde for porque uma pessoa de cor diferente da sua sentou do seu lado.. Você que rechaça qualquer experiência nova e ainda caçoa do fulando que abraça com amor essas oportunidades..

Não quero fazer parte da sua existência, obrigada.

2) Ser negativo – não posso negar que durante minha breve existência de 26 anos eu passei parte dela nadando no mar da negatividade e let me tell you.. nada de bom saiu daí. Nada. Estacionei a minha vida e a de pessoas ao meu redor. Perdi amigos, pessoas que amei e incontáveis oportunidades de ser uma versão melhor de mim mesma.. De fazer algo positivo e ver uma mudança real no mundo. Pois é.. isso existe.. Tá aí pra quem quiser ver.. ainda são poucas, mas estão aí. E quando você encontra uma dessas pessoas/mudanças positivas, juro.. a vida melhora.

Então hoje, meu objetivo diário é ser mais positiva.. mesmo que as coisas estejam as piores possíveis, vou lá no meu cantinho feliz e procuro os pontos positivos de cada situação, nem que seja o puro e simples aprendizado.

3) Injustiça – que acho que está muito ligada ao desrespeito, porque, veja bem… se vc tem a audácia de ser injusto com alguém é porque, provavelmente, nem a sua mãe você deve respeitar né.. Coloque-se no lugar do outro, pfvr. Cinco minutos. Não vai doer.. ou vai, porque você pode chegar á conclusão de que está absurdamente errado no que está fazendo.

4) Não estar aberto (a) à mudanças – Gente, sem falar que estamos no século 21, a vida é feita de mudanças.. sabia que a cada 6 meses você trocou completamente de pele, no seu corpo inteiro? Então assim.. se nem a nossa própria pele conservamos a mesma.. que dirá opiniões, casa, país, trabalho, sexo, aparência, religião, comida favorita… E você, sim você, que como eu passou tanto tempo da vida com a bunda na cadeira reclamando de que nada muda, que a vida é sempre a mesma porcaria.. por favor, revise seus conceitos e de uma checada se você não está preso nos intens 2 e 4 deste post.

Meu objetivo aqui, obviamente não é descriminar as pessoas que agem dessa maneira. Eu mesma já fiz e faço muito disso tudo, todos os dias. É difícil se reeducar e tentar conseguir só os pontos de Paragon ao invés dos de Renegate (fãs de Mass Efect entenderão), mas essa que é a graça de ser ético.. sempre se revisar, sempre repensar nas suas escolhas e se perguntar se elas servem ao seus objetivos de vida e se sim, se perguntar se seus objetivos de vida vão prejudicar alguém no processo.

Nothing is impossible.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s